Tag Archives: comprar no exterior

zoom
8 comments

Importar ou não importar? Eis a questão! – Vlog dos Bonequinhos

Faaaaala, bonequeiros!

Como o primeiro vlog deu um feedback legal, resolvi prosseguir e cá estou com o segundo Vlog dos Bonequinhos, aêeeee! \o/

Neste vlog eu toco num assunto que muitas pessoas me perguntam, se vale a pena importar seus bonequinhos e eu falo quais são as vantagens e as desvantagens de comprar no exterior.

Obs.: Perdoem o som com um pouco de eco, ainda não tive como comprar um bom microfone, mas em breve vou resolver esse problema.

Então vamos de vlog!

Aqui abaixo seguem os links que mencionei no vídeo.

Brasil X EUA: Poder de Compra, Custo de Vida, Impostos
Sente o drama do comparativo que este vídeo faz entre o padrão de vida americano contra o brasileiro. É de chorar, meu amigo!

Compras internacionais abaixo de US$ 100 não podem ser tributadas?
Aqui o Canal do Otário (um dos melhores do youtube) mostra a realidade sobre as taxas de importação. No fim das contas a regra pra ficar isento de impostos é para compras até 50 dólares e não 100 como foi falado um tempo aí.

Guia Prático: Aprenda a contestar uma tributação equivocada
Neste link você consegue o passo a passo de como recorrer de uma tributação, mas isso não quer dizer que a Receita vá aceitar, mas se a tributação realmente for equivocada, eles vão refazer o cálculo.

Eu sei que vocês devem estar querendo dicas de sites pra comprar no exterior, sempre me pedem isso, então lá vai.

Amazon – Dos internacionais é pra mim o mais seguro, mas só tem um problema, as taxas de importação são pagas no ato da compra.

Ebay – Tem muita coisa boa, mas você pode receber uma caixa com um tijolo, preste atenção na qualificação dos vendedores que evita esse tipo de susto. Até o dia que eu fiz esse post, o Ebay ainda estava vendendo sem a inclusão das taxas, mas eu já vi por aí que uma hora ou outra os pagamentos já vão estar incluindo as taxas alfandegárias do Brasil.

Amiami – Um site japonês SUPER confiável e com uma infinidade de itens, mas é certeza que seu item vai ser taxado quando chegar, pois eles são uma pessoa jurídica e enviam com o valor real na nota.

Nippon Yasan – Assim como o Amiami é bem confiável também, mas a diferença é que durante a compra, na parte de mensagens sobre o item, você pode pedir pra enviar como presente e declararem um valor abaixo de 50 dólares, mas caso você precise recorrer, isso vai dar problema.

E no Brasil eu sempre indico a Groovy Toy Shop, que pra mim foi a melhor experiência de compra que tive até hoje. Eles mandam bilhetinhos personalizados! =D

Então, pessoal é isso, espero que esse vlog ajude a você que quer importar ou decidir se compra aqui ou lá fora.

Se você tem alguma experiência com importação, comente aí e diga como foi. Se você nunca comprou e ainda tem dúvidas, pode perguntar nos comentários que eu respondo.

Não se esqueçam de curtir e compartilhar este post pra nos ajudar a crescer.

Não nos percam de vista!

Youtube – https://www.youtube.com/user/canalosbonequinhos
Facebook – https://www.facebook.com/osbonequinhos
Instagram – http://www.instagram.com/osbonequinhos
Twitter – https://twitter.com/os_bonequinhos

Valeu! =D

Caso queira, leia abaixo a transcrição do vídeo.

Importar ou não importar? Eis a questão.

Fala bonequeiros, estamos de volta para o segundo Vlog dos Bonequinhos e hoje nós vamos falar sobre importação de bonecos, será que vale mesmo a pena?

Ah, a importação, esse mundo maravilhoso de bonecos baratos, de adquirir itens antes da maioria dos seus colegas pra ostentar e esfregar na cara deles que você tem mais bonequinhos que eles… Bem, como tudo na vida, isso também tem o lado ruim.

Quando comecei a colecionar, há pouco mais de um ano e meio atrás, eu importava direto! Mas hoje a banda toca de uma maneira diferente. Eu não to aqui querendo te desanimar não, só vou levantar 3 pontos pra você levar em consideração antes de comprar no exterior.

1 – Preço

O preço de quase tudo que compramos no exterior, não só figuras, é sempre mais baixo e até chega a ser absurda a diferença! Tem boneco que eu comprei no Japão por 80,00 com frete e já encontrei aqui por 200,00 MAIS o frete! É brincadeira, né?

Eu até entendo que a carga tributária aqui no Brasil é alta, mas algumas lojas e vendedores se aproveitam disso pra jogar os valores com 200% de lucro alegando ser culpa dessas taxas.  Antes de colocar um item no mercado, o lojista tem que ver o valor que está sendo praticado pra não superfaturar, nem ser injusto na hora de vender.

Hoje em dia, apesar dos artigos colecionáveis estarem cada vez mais caros, tanto no Brasil quanto no exterior, a gente tem a sorte de ter algumas importadoras que estão trazendo figuras com preços competitivos dentro do mercado brasileiro. Na maioria das vezes os preços aqui são maiores, mas existem alguns casos que compensa mais pegar no Brasil do que lá fora, porque a diferença de preço é pouca, tipo uns 20 ou 30 reais e compensa se livrar das taxas e do tempo de espera.

Eu vou deixar um link na descrição do vídeo e post do blog sobre um comparativo entre o custo de vida brasileiro e o americano pra vocês verem o tamanho da paulada.

Infelizmente no Brasil o custo de vida é alto e nosso salário é muito baixo proporcionalmente.

2 – Prazo

A média de tempo que leva pra um boneco chegar no Brasil é de no máximo 2 semanas. Mas é aí que o tormento começa, se fosse só esse tempo, tudo bem, mas depois que para na alfândega é que começa o terror.

Uma vez uma encomenda minha que comprei em fevereiro só chegou em AGOSTO! Óbvio que nem sempre isso acontece, mas em média, meus bonecos ficam na Receita por uns 2 meses até chegar na minha casa e isso é muito tempo. Isso acontece pela falta de contingente na alfândega e também, obviamente por toda boa vontade brasileira que estamos acostumados.

3 – Taxas

Eu nem me importaria de esperar 3 meses pra receber um bonequinhos se não fossem essas malditas taxas alfandegárias. 60% do valor de um item é alto demais e pra piorar a situação, não existe uma regra pra isso, eu já fui taxado em 100% do valor de um item que custou 24 dólares, ou seja, aquela lei de que itens abaixo de 50 dólares não vale de nada caso o agente da Receita ache que deve taxar seu item.

A lei diz que todo item comprado no exterior abaixo de 50 dólares e enviado de pessoa física pra pessoa física é isento de taxa, nesse caso eu comprei de um cara que me mandou dessa forma.

Outro absurdo foi uma taxa de 12 reais que os correios inventaram, “taxa de nacionalização”, sei, acho que isso tem outro nome, mas prefiro não comentar pra não ofender alguém.

Então ninguém está livre de ser taxado, é que nem briga de casal, se nunca teve, pode esperar que um dia vai!

Resumo da ópera, é vantagem importar? SIM, mas quando a receita não te pega, porque quando você levar aquela tacada de 60% mais os 12 reais absurdos de taxa de nacionalização dos correios você vai desanimar. Lógico que tem coisa que mesmo taxando, compensa mais importar, mas hoje em dia está cada vez mais complicado fazer isso.

Bem, se você está vendo esse vídeo no blog, eu to deixando na postagem aí alguns links que acho interessantes pra galera que quer importar ou comprar no Brasil e vou explicando cada um.

Então, pessoal, vocês costumam importar? Se sim, comente aí embaixo suas experiências e dá aquele “joinha” que isso ajuda bastante. Também compartilhe esse vídeo pra que o canal cresça e eu possa continuar com ele e não se esqueça de se inscrever.

Valeu!